Semana inicia com decisões importantes para os Servidores Públicos de Campo Largo

Na tarde de ontem (22) o SSPAD junto com a Presidente Márcia Tottene do Sindicato do Magistério e aproximadamente 30 Servidores Públicos representantes de diversos setores, estiveram presentes com os Vereadores na Câmara Municipal para expor os descontentamentos e posição da classe em relação aos Projetos da Reforma Administrativa.

Entre os assuntos mais discutidos estão às mudanças nas funções gratificadas dos estatutários e o aumento de salários, que segundo o Economista do SSPAD – Cid Cordeiro – pode causar impactos no futuro.

“Queremos o equilíbrio das contas públicas e o respeito com os Servidores. Vemos a necessidade da Reforma, porém observamos que há distorções nas propostas e estamos na luta para que isso seja corrigido”, comentou Edson Luiz Strapassan, Presidente do SSPAD.

EDSON - PRESIDENTE SSPADEdson Luiz Strapassan – Presidente do SSPAD na reunião com os Vereadores.

Logo após esse encontro os vereadores seguiram para o auditório da Prefeitura Municipal onde o Prefeito Marcelo Puppi se reuniu com os Servidores Públicos e apresentou a Reforma Administrativa justificando o porquê ela se faz necessária.

Além disso, o Prefeito abriu espaço para que os presentes fizessem questionamentos sobre os projetos apresentados.

PREFEITO MARCELO PUPPI.jpg

Aproveitando a presença dos Servidores, o Prefeito anunciou em público que irá reconhecer nos próximos dias a dívida da gestão passada na Câmara Municipal e então pagará os atrasados em caráter indenizatório.

“A questão dos atrasados é uma conquista dos Sindicatos dos Servidores Públicos e do Magistério que negociaram a dívida junto a administração da cidade. Quase 4 milhões de reais serão pagos aos servidores que merecem ser reconhecidos e valorizados pela gestão”, afirmou o Presidente do SSPAD, Edson Luiz Strapassan.

Já no período da noite aconteceu na Câmara Municipal de Campo Largo a Sessão que previa a votação dos Projetos de Lei 12, 13, 14, 15/2017 sobre a Reforma Administrativa.

Com a casa cheia e a presença significativa de dezenas de servidores, a votação foi adiada pelos Vereadores que sentiram a necessidade de analisar melhor os projetos para que sejam adicionadas as emendas necessárias.

Sessão Camara.jpg

No momento o discurso de todos os Vereadores é o mesmo: a Reforma é necessária para o Município assim como a criação da Procuradoria, mas que nada será votado às pressas. Sendo assim foi solicitado um prazo maior para que aconteçam ajustes e entendimento completo dos Projetos.

O SSPAD firma o compromisso de acompanhar todas as etapas e intervir nas questões que forem necessárias. Também gostaríamos de agradecer a todos os Servidores Públicos e a população em geral que esteve presente na sessão.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s